Recebo muitas perguntas sobre como agradar os Orixás e Entidades para que se consiga um emprego. Apesar de achar fórmulas e receitinhas muito legais, eu tenho que explorar também o lado mais técnico e teórico das práticas que executaremos.

Dentro das minhas andanças e estudos eu acabei mergulhando nas práticas de magia popular ou folclóricas. São práticas muito interessantes pois prezam muito pela simplicidade e pela praticidade, usando quase que sempre elementos que se tem a mão, em uma cozinha ou em uma despensa.

Parte destas práticas acabou incorporada dentro da Umbanda, pois as entidades traziam seus conhecimentos de quando encarnadas para a assistência nas giras. Se o preto-velho usava de mirongas em vida, ele certamente usará no pós-vida como entidade, só que agora com maior eficácia.

Quanto a receita em si, podemos chama-lá de mironga, ponto, firmeza, feitiço, magia, macumba, etc… Existem diversas formas para se referir à prática mágica popular. Uso o termo firmeza, pois me remente a força e a necessidade, mas não é uma regra.

Neste caso em específico, estou escrevendo após ver um pedido de auxílio em um grupo de Magia do Caos sobre uma “simpatia” para se conseguir um emprego. Entre muitos desdéns e mensagens pouco fraternas, resolvi manifestar-me e passei para a pessoa uma receita simples (que já fora passada aqui de certa forma em outros textos) para que isso se dê.

Entender o processo da magia é importante, antes de começar a criticar se a mesma funciona ou não. Parte da força da magia está em atribuir a ela seu poder e sua vontade, logo, duvidar da mesma irá enfraquecê-la.

Conseguir um emprego não é muito fácil e sequer tem uma fórmula ética para conseguir isto, porém, podemos aumentar nossas chances de sermos notados por determinadas empresas com a magia que aqui está exposta. Claro que para esse feitiço funcionar, não adianta ficar em casa vendo Bob Esponja, é preciso sair e correr atrás.

Vamos lá?


Firmeza na força de Ogum para conseguir um emprego.

Você irá precisar de:

  • Fita Vermelha
  • Maçã Vermelha
  • Pedaço de Papel
  • Lápis
  • Prato Branco
  • Vela de 7 Dias Vermelha

Como fazer:

Prepare primeiramente seu currículo da melhor forma possível, entregando sua energia e seus intentos ao mesmo. Pegue um pequeno pedaço de papel e escreva nele o nome das empresas que você gostaria de trabalhar.

Após isso, gire o papel em uma ângulo de 90 graus e escreva o seu intento por cima do nome das empresas:

“Quero que essas empresas notem meu currículo e me deem uma oportunidade de mostrar meu talento. Que possam me contratar para que eu possa trabalhar”.

Feito isso, corte a maçã horizontalmente no meio e coloque o papel dentro da maçã. Feche a mesma e amarre com uma fita vermelha. Deposite a maçã em um prato branco e no mesmo prato coloque a vela de 7 dias vermelha, acenda a vela e repita seu intento por três vezes em voz alta:

“Em nome de Deus, peço para que na força de Ogum que essas empresas notem meu currículo e me deem uma oportunidade de mostrar meu talento. Que possam me contratar para que eu possa trabalhar”.

Reze um Pai Nosso e u ma Ave Maria.

Feito isso, saia para entregar os currículos ou encaminhe-os pela internet.


O que fazer com o que sobrar?

Vou aproveitar esse texto para esclarecer que tudo aquilo que sobrar no prato após os sete dias de queima da vela é lixo e deve ser descartado como tal. Se a firmeza não der resultado na primeira tentativa, você pode refazê-la por mais duas vezes, totalizando uma mironga de vinte e um dias.

Caso mesmo assim, ainda não consiga um emprego, pare um pouco para analisar seu currículo e a sua real vontade de trabalhar. Verifique no seu íntimo se você não está se boicotando inconscientemente.

Trabalhar com as forças de Ogum é abrir caminhos na sua vida, porém quem deve dar os passos é você mesmo.