Conversando com uma amiga sobre sua mudança de casas, chegamos a um assunto sobre como as pessoas deixam suas impressões energéticas nas casas em que moraram e também nos objetos que possuíam. Isso em especial para as casas alugadas e para objetos penhorados ou vendidos em brechós.

Encontramos também casas em que seus antigos moradores já desencarnaram e que são alugadas pela família, com toda a mobília já presente. Levando em consideração que não sabemos como era a personalidade do desencarnado, tampouco como é sua relação com o pós-vida, podemos vir a ter problemas, tanto de ordem espiritual – como aparições, manifestações, obsessões e perturbações – quanto de ordem energética – devido a energia da pessoa ainda estar impregnada na casa e nos objetos.

Então, o que podemos fazer nesses casos?

Existem certos rituais que podemos nos utilizar, como ferramentas de limpeza, para diminuirmos e até impedir de fato que essa impregnação acabe atrapalhando. Eu acredito que isso é um processo de limpeza completo, porém trabalhoso, mas que é válido quando se pensa no sossego e na paz de uma casa, por exemplo.

Acredito que o mesmo pode até ser usado em casas que acabaram de perder um ente querido e que este era muito apegado a suas posses ou que não lidava bem com a questão do desencarne. Fiquem abaixo com as minhas sugestões:

Passo 1: Preparação do Ambiente.

Preparar o ambiente é começar a limpá-lo, retirando todas as tranqueiras, lixos e objetos que não serão de nosso uso. Em casos de pessoas desencarnadas da família, espere ao menos um mês para se desfazer dos objetos dela, porém antes é bom pedir para rezar uma missa em sua menção – em caso de pessoas com crenças católicas; fazer um culto em sua homenagem ou ir até um terreiro e pedir paz e encaminhamento para essa alma. Após isso, pegue um borrifador e coloque álcool de limpeza com algumas gotas de perfume de alfazema (de preferência daquele preparado que ensinamos, para saber como fazer, clique aqui) e borrife nas peças a serem doadas.

Passo 2: Eliminando Miasmas e Larvas Astrais.

Miasmas são formas-pensamento ou aglutinados energéticos formados por pensamentos e emoções que ficam impregnados nos ambientes, nos objetos e nas pessoas.Quando nas casas, eles acabam ficando mais impregnados nos cantos das paredes e embaixo de móveis, onde o sol não bate.

As larvas-atrais são entidades da fauna espiritual que tem sua função no plano astral e espiritual, mas que podem ser subvertidos para atos danosos e que de certa forma se aglomeram onde tem excesso de miasmas, que é um dos seus muitos alimentos.

A melhor forma para eliminar, ou começar a eliminação, destes é por meio da defumação com ervas de ataque como é o caso da Arruda e da Guiné, dosando o seu poder ácido com o Alecrim para trazer maleabilidade, o Benjoim e a Alfazema para o bem-estar da casa.

O Benjoim acabará atuando como um cicatrizante astral, onde a arruda e a guiné retiraram as larvas e que estejam muito danificados, acaba que o Benjoim sela esses locais para evitar que energias ruins se apoderem do espaço.

Então, de dentro para fora como toda defumação de limpeza deve ser, pegue esse preparado de Arruda, Guiné, Alecrim, Benjoim e Alfazema e vá defumando todos os ambientes da casa, dando atenção especial para os cantos, para atrás das portas e para debaixo dos móveis.

Recomenda-se fazer esse tipo de defumação em cruz (fazendo um X no ambiente de um canto ao outro) e cantando pontos de defumação, entoando a oração de São Jorge ou os Salmos 23 e 91.

Passo 3: Lavagem de Chão.

Muitas pessoas acreditam que só a defumação irá resolver o problema de uma casa impregnada de energias densas, porém não é verdade. A defumação “queima” essas energias, fazendo com que as larvas “desgrudem” das paredes e dos miasmas e caiam ao chão.A maior parte dela é “morta”, por assim dizer, mas nem tudo é eliminado e essa energia que conseguiu se soltar das paredes, acaba impregnando no chão, em certa quantidade.

Para esse tipo de situação, logo após a defumação, nós recomendamos que seja feita uma lavagem de chão com Espada de São Jorge e Anil. Pegue a espada de São Jorge e corte-a em sete pedaços, coloque uma tampa ou um tablete de anil e complete com 2 a 3 litros de água.

Vá limpando o chão com um pano limpo embebido com esse preparo, em direção a porta de saída de casa.

Passo 4: Limpeza de Móveis e Outros Objetos.

Nós limpamos a maior parte da casa, principalmente os cômodos e as dependências da casa, porém ainda podemos ter móveis e outros objetos que estão com as energias impregnadas dos antigos donos ou ocupantes. Neste caso recomendo fazer um preparado de limpeza, um elixir de descarrego.

Aqui eu vou misturar um pouco as técnicas que tenho conhecimento, tanto em naturopatia, quanto nas práticas mágicas-espirituais. Justamente por isso já peço licença (poética) para tal.

Em um borrifador coloque álcool de cereais (ou de limpeza) com oito gotas da essência Crab Apple do sistema floral de Bach, acrescente um jaspe vermelho e um olho de tigre dentro do borrifador, uma tampa pequena de perfume de alfazema e extrato de arruda.

O extrato de arruda é conseguido por meio da maceração das folhas de arruda com um pouco de álcool, ou seja, você devera tirar o sumo da arruda, esfregando a mesma entre os nós dos dedos. Não precisa ser muito, uma pequena quantidade já serve, pois estamos trabalhando com as questões energéticas e não com os P.A.N. (Princípios Ativos Naturais) da Arruda.

Com tudo isso no borrifador, pegue um palito de madeira (desses de churrasco) e misture bem, evite de chacoalhar o preparado. O mesmo pode até ficar um pouco turvo, mas não se preocupe, só faço uma ressalva para antes de borrifar em tecidos, fazer um teste para ver se o mesmo não irá manchar o tecido em questão (pode acontecer).

Borrife nos móveis e objetos esse preparo e deixe repousar o mesmo por no mínimo 4 (quatro) horas, após isso, limpe com um pano seco e no outro dia pode fazer uma limpeza normal.

Passo 5: Atraindo Harmonia, Paz e Prosperidade.

Agora que está tudo limpo, o próximo passo é atrair energias benéficas. Então com uma defumação de atração, da porta de entrada para o último cômodo, use Alfazema para Harmonia, Rosa Branca para Paz e Pó de Café para Prosperidade (Espiritual e Material).

O ideal aqui é fazer a defumação em X também, porém com cânticos mais alegres que remetam a essa energia que você quer atrair. Faça uma prece de coração ou cante uma música que você gosta e que te deixe alegre e com boa disposição.

Passo 6: Outras Recomendações.

Outras recomendações que podem ser usadas para melhorar o astral e não permitir que energias externas atuem na vida de vocês é colocar um capacho na porta de entrada, com um pedaço de tecido vermelho costurado ou colado na parte inferior do capacho.

Esse tecido vermelho tem que ser rezado por sete vezes em um domingo, preferencialmente em um horário de marte. Para rezá-lo faça uma conjuração de coração, associado ao cântico do salmo 23 e salmo 91 e um Pai Nosso e uma Ave-Maria.  Troque esse pedaço de tecido todo ano.

Pode-se também colocar um copo de água com um pedaço de carvão dentro, atrás da porta de entrada. Trocando o carvão a cada sete dias, sempre prestando atenção se o mesmo está afundando muito rápido. Afunda rápido irá indicar que há energia densa sendo enviada para a casa, mas que o carvão está filtrando.

Lembre-se que a gente também produz essas energias negativas e densas, então recomenda-se um banho de ervas harmônicas a cada semana.

Conclusão:

Se você seguir esses passos irá perceber uma melhora significativa (e palpável) dentro do seu ambiente familiar. Faça o teste! Apesar do trabalho que irá dar, com certeza será recompensador. Defina um dia do ano para sempre repetir esse passo-a-passo, isso irá sempre manter sua casa com uma energia boa.


Ouça também o Papo na Encruza sobre Autodefesa Psíquica: