Contos de Terreiro: Espíritos dizem não?

06Em um dia de atendimentos em um terreiro, o baiano está manifestado dançando e bebendo água de coco de seu cuitê.
 
Ao longe um médium da casa diz ao cambone que precisava falar com ele. O baiano pede para o mesmo se aproximar.
 
O médium da casa chegou para ele e disse:
 
– Pai meu tio está muito mal, tive dois infartos, está acamado, os médicos estão preocupados, minha tia não sabe o que fazer. Você tem que ajudá-lo!
 
O baiano respondeu:
 
– Não!
 
O médium ficou com cara de paçoca, sem entender e o Cambone também. O médium olhou de novo para ele e disse:
 
– Mas como assim NÃO?
 
– NÃO CABRA, Não vou ajudar. Não é não! – Respondeu o baiano com a cara fechada.
 
O médium insiste:
– Mas vocês tem que ajudar, é sua missão, seu trabalho, sua obrigação.
 
O baiano olha profundamente nos olhos do médium e responde sem economizar palavras:
 
– Primeiro que não me obrigam a nada, porquê tô morto mas mando na minha morte. Segundo que não vou ajudar quem não se ajuda. Já disse pro cabra pare de fumar, coma melhor, faça caminhada, ele fez? Não… Veio aqui quando chamei? Não… Fez o que foi pedido? Não… se ele pode dizer não eu também posso. Não vou ajudar…
 
O médium indignado diz:
– Mas ele vai morrer!
 
Melhor assim, eu também to morto e to bem… – Respondeu o baiano sem dar muita atenção mais para a conversa.
 
O médium se revoltou, após alguns trabalhos soube-se que o mesmo estava fazendo trabalhos particulares, afastou-se da casa e nunca mais ouviu-se falar do tal tio.

Terapeuta Natural (Naturopata) e futuro Acupunturista, Idealizador do blog Perdido em Pensamentos e pretenso escritor. Geminiano com ascendente em Leão e lua em Touro, acredita que toda forma de estudo é importante. Médium umbandista e eterno questionador, tem interesses em temas como: Espiritualidade, Espiritismo, Umbanda, Magia e Terapias Naturais. É apaixonado pela cidade de São Paulo, onde tudo é possível. Colecionador de livros, principalmente sobre Umbanda (quanto mais antigo melhor).

Douglas Rainho

Terapeuta Natural (Naturopata) e futuro Acupunturista, Idealizador do blog Perdido em Pensamentos e pretenso escritor. Geminiano com ascendente em Leão e lua em Touro, acredita que toda forma de estudo é importante. Médium umbandista e eterno questionador, tem interesses em temas como: Espiritualidade, Espiritismo, Umbanda, Magia e Terapias Naturais. É apaixonado pela cidade de São Paulo, onde tudo é possível. Colecionador de livros, principalmente sobre Umbanda (quanto mais antigo melhor).

Você pode gostar...

  • silvana

    Acho que muitos podem pensar que está incorreta essa atitude, mas tem no fundo uma lição de moral, como todo trabalho espiritual deve ter! E a própria entidade justifica sua negativa, não se trata de uma simples birra como se diz. Serviu não só para o enfermo, como também para o arrogante médium! E para nós também, uma ótima reflexão e vigilância sempre, porque espiritualidade é coisa séria!