O Fenômeno da Somatização

14009789_886264678144694_149027189_nSomatização é o fenômeno que ocorre com a pessoa que experiencia uma doença sem causas físicas ou orgânicas. Acredito que a maioria das pessoas devem ter familiares, amigos ou conhecidos que sofrem ou já sofreram com alguma alergia que o dermatologista não descobriu a origem, com uma gastrite (curiosamente chamada muitas vezes gastrite NERVOSA), ou com dores no peito sem que os exames cardiológicos apontassem alguma anormalidade. São nestes casos que profissionais da saúde, após muita investigação, podem desconfiar de uma doença PSICOSSOMÁTICA.

Psico se refere à mente, e soma se refere a corpo, seria a influencia que um sofre do outro. Por exemplo, uma pessoa severamente estressada por questões familiares, profissionais ou pessoais pode gerar diversos sintomas físicos como dores musculares, de cabeça, e até alergias dermatológicas, assim como o contrário, uma pessoa que descobre uma doença de fato com origem orgânica pode despertar diversos sentimentos e emoções como preocupação, tristeza, irritabilidade, nervosismo, etc.

Mas quando nos referimos ao fenômeno de somatização estamos falando do primeiro exemplo, quando o psicológico afeta o corpo físico. É importante salientar que uma pessoa em sofrimento emocional, triste, angustiada, tem descargas de cortisol (hormônio do stress) liberado no organismo, se esta pessoa não buscar auxilio psicológico ou psiquiátrico a constante descarga deste hormônio pode debilitar o organismo e deixa-lo mais vulnerável a adoecer. É verdade também que o constante estresse, tristeza, angustia e qualquer perturbação emocional que passe a trazer prejuízos na vida de um indivíduo, causa uma diminuição na atividade imunológica deixando o organismo mais vulnerável.

Então, é verdade o que diz aquela famosa frase que “palavras não ditas tornam-se enfermidades”? Posso responder por meio de minhas experiências clínicas que sim, podem tornar-se.  A pessoa que não fala sobre si, que se mantêm em constante privação de expor o que sente, ou de trabalhar com sentimentos de mágoa, culpas, frustrações, dificuldades, entre tantas outras questões, passa a somatizar, ou seja, o corpo passa a mostrar que algo não vai bem e que certas questões precisam ter vasão. É quase como uma panela de pressão, se não tiver a abertura por onde sai a pressão, ela explode. No caso da somatização o corpo é esta abertura.

Por isso a importância da psicoterapia, pois é neste processo que o indivíduo pode expressar-se, conhecer-se e dar vasão a sentimentos e emoções que podem o estar corroendo internamente.

23 anos, Sorocabana, formada em Psicologia pela Universidade Paulista. Atualmente trabalho em clínica e amo o que faço!

Nicole Wijtenko

23 anos, Sorocabana, formada em Psicologia pela Universidade Paulista. Atualmente trabalho em clínica e amo o que faço!

Você pode gostar...

  • Elisangela

    Um dia, tive um sonho…um médico falando para mim que eu tinha um câncer no coração e que estava subindo para a cabeça. Três dias depois, tive um AVCI ( Acidente Vascular Cerebral Isquêmico). Fiquei seis dias no hospital sendo três na UTI e não descobriram a causa. Isso aconteceu aos 38 anos, quando passava por uma fase familiar, profissional e financeira dificílima. Gratidão pelo artigo!