Estranheza de época

Passando pelo centro de São Paulo me deu uma sensação nostálgica da época anterior ao desenvolvimento massivo.Fiquei divagando como seria esse lugar que estou agora nsa época onde coronéis e escravos aqui transitavam.

Como era o dia-a-dia deles? Suas relações interpessoais, seus desejos e suas paixões?

Curiosidade de saber como era diferente o cotidiano desse povo que parece estar tão distante de nós, mas que habitaram a mesma região.

Terapeuta Natural (Naturopata) e futuro Acupunturista, Idealizador do blog Perdido em Pensamentos e pretenso escritor. Geminiano com ascendente em Leão e lua em Touro, acredita que toda forma de estudo é importante. Médium umbandista e eterno questionador, tem interesses em temas como: Espiritualidade, Espiritismo, Umbanda, Magia e Terapias Naturais. É apaixonado pela cidade de São Paulo, onde tudo é possível. Colecionador de livros, principalmente sobre Umbanda (quanto mais antigo melhor).

Douglas Rainho

Terapeuta Natural (Naturopata) e futuro Acupunturista, Idealizador do blog Perdido em Pensamentos e pretenso escritor. Geminiano com ascendente em Leão e lua em Touro, acredita que toda forma de estudo é importante. Médium umbandista e eterno questionador, tem interesses em temas como: Espiritualidade, Espiritismo, Umbanda, Magia e Terapias Naturais. É apaixonado pela cidade de São Paulo, onde tudo é possível. Colecionador de livros, principalmente sobre Umbanda (quanto mais antigo melhor).

Você pode gostar...

  • A mais ou menos um mês fiz alguns dias de estagio em um asilo perto de casa e conheci, dentre tantos, um sr de 90 anos, foi a melhor conversa que tive em muito tempo.
    Lição de vida!!!
    Historias e historias pra contar!!!