Preceitos – O que sai da boca, isso é o que contamina o homem.

“O que contamina o homem não é o que entra na boca, mas o que sai da boca, isso é o que contamina o homem.”Matheus 15:11

A Umbanda é uma religião cheia de rituais, isso todos sabem. Dentre esses rituais podemos encontrar o chamado preceito. Preceito é nada mais do que algumas regras de conduta a serem adotadas pelos trabalhadores de Umbanda antes dos trabalhos. Contudo, eu expandiria mais esse conceito, dizendo que todos os médiuns ou religiosos das mais diversas seitas, cultos e religiões deveriam prestar atenção aos preceitos.

Bem distante de ser apenas uma “besteira” ou uma mortificação da carne, os preceitos são depurativos da mente, do espírito e do corpo. Essas simples regras – contudo dificílimas de serem cumpridas – podem trazer harmonia e paz para todo médium ou sensitivo.

Eles podem variar, mas geralmente se atem a certa abstinência que o médium precisa cumprir. Podemos encontrar:

  • Dieta com abstinência de carne vermelha 24 horas antes do trabalho.
  • Abstinência de carne de qualquer espécie – peixe, frango, cordeiro, porco, bovina, etc – no dia do trabalho.
  • Se alimentar de maneira frugal, ou pelo menos com uma alimentação leve no dia do trabalho mediúnico.
  • Abstinência sexual 24 horas antes do trabalho mediúnico.
  • Abstinência de álcool por 72 horas antes dos trabalhos mediúnicos.
  • Manter a mente serena e em estado de harmonia, no dia do trabalho.
  • Tentar ao máximo evitar: Ira, Inveja, Maledicência e outros sentimentos do mesmo tipo.
  • Não proferir palavras de baixo calão (palavrões) e evitar a conversa frívola.

Entre várias outras coisas…

Mas isso não é apenas uma forma de “Doutrinação”, mas um preparo para os trabalhos que ocorrerão pelo lado espiritual. Irei me deter sobre isso posteriormente em outro texto.

Para ilustrar essa situação vou parafrasear uma história supostamente ocorrida com o médium Chico Xavier.

“Conta-se que Chico Xavier estava atarefado em suas obrigações como auxiliar de serviço do Ministério da Agricultura. Passava de maneira célere quando esbarra em uma senhora. A moça reconhecendo o médium lhe pede para parar e conversar, contudo Chico, assoberbado, pede licença e diz que está cheio de tarefas, que conversariam em outro momento mais oportuno.

Nesse exato momento, Emmanuel – mentor espiritual do médium mineiro – se mostra a ele e lhe interrompe, dizendo para olhar para a moça. Chico observando a moça percebe um emaranhado negro-avermelhado em torno da mesma, e de sua boca começa a extravasar um material viscoso de aparência repulsiva. Chico entende e retorna a falar com a moça.

Após a breve conversa, a moça agradece e os dois se despedem. Emmanuel novamente pede para ele olhar para moça agora partindo, e Chico vê que o fluído que sai agora pela boca é de natureza brilhante, como uma “luz líquida”. Então, Emmanuel lhe explica:

– Chico, isso é devido as manifestações emocionais da moça. Imagine se você houvesse negado o ombro amigo, o que sairia e seria projetado a você!” 

Pois bem, os preceitos funcionam no mesmo princípio. Mantém as emanações energéticas-espirituais em harmonia e impedem que sejam enviadas energias ruins as pessoas a volta. Já que iremos fazer um trabalho de assistência caritativa, devemos doar o que possuímos de melhor.

Em nossa casa, temos a agradável visita do palestrante espírita Carlos Lima – do Núcleo de Estudos Espíritas Irmã Mileide – fazendo a preleção evangélica antes de nossos trabalhos todas as quartas-feiras. Em uma oportunidade na data de 29 de Julho de 2015, o tema abordado foi a ansiedade dos médiuns.  Porém ele tangenciou sobre esse assunto dos preceitos, principalmente os emocionais e ilustrou a mesma com uma história ocorrida com um companheiro deles. Contou ele:

“Meu amigo, possuidor de dupla-visão, havia brigado de forma assoberbada com sua esposa. Falaram diversos impropérios e se agrediram verbalmente. Chegando o horário o mesmo virou-lhe as costas, pois era hora de ir pra reunião espírita. Ao colocar a mão na porta, seu mentor – através da dupla-visão – se mostrou a ele, dizendo:

– Aonde pensa que vai?

– Ao trabalho espiritual! – respondeu.

– Desse jeito? – perguntou o mentor – Não percebe o que ocorreu? Depois de toda essa briga, você trouxe para perto de si, por sintonia, diversos irmãos em desequilíbrio. Acredito que hoje, é melhor você não ir, pois irá prejudicar o trabalho de quem manteve a harmonia e o equilíbrio. “

Vejam, qual é o tamanho de nossa responsabilidade como médiuns e “soldados de Umbanda”?

Vamos compreender de vez: “A Umbanda tem fundamento! É preciso preparar.”

Terapeuta Natural (Naturopata) e futuro Acupunturista, Idealizador do blog Perdido em Pensamentos e pretenso escritor. Geminiano com ascendente em Leão e lua em Touro, acredita que toda forma de estudo é importante. Médium umbandista e eterno questionador, tem interesses em temas como: Espiritualidade, Espiritismo, Umbanda, Magia e Terapias Naturais. É apaixonado pela cidade de São Paulo, onde tudo é possível. Colecionador de livros, principalmente sobre Umbanda (quanto mais antigo melhor).

Douglas Rainho

Terapeuta Natural (Naturopata) e futuro Acupunturista, Idealizador do blog Perdido em Pensamentos e pretenso escritor. Geminiano com ascendente em Leão e lua em Touro, acredita que toda forma de estudo é importante. Médium umbandista e eterno questionador, tem interesses em temas como: Espiritualidade, Espiritismo, Umbanda, Magia e Terapias Naturais. É apaixonado pela cidade de São Paulo, onde tudo é possível. Colecionador de livros, principalmente sobre Umbanda (quanto mais antigo melhor).

Você pode gostar...

  • Letícia

    Perfeito!!!