O caminho da mediunidade – Alguns passos podem auxiliar.

Muitos buscam o caminho da mediunidade, porém é necessário saber que não é uma jornada fácil – requer muito desenvolvimento e preparo, para que não haja desistência. A princípio, por falta de entendimento mesmo, creditando às questões espirituais e religiosas uma alcunha de CHATA ou SÉRIAS DEMAIS. Lembrando sempre o celebre pensamento de Pierre Teilhard de Chardin:

“Não somos seres humanos tendo uma experiência espiritual.

Somos seres espirituais tendo uma experiência humana”.

Então, quando temos uma manifestação mediúnica quase sempre estamos despreparados para a mesma. Não sabemos nada sobre o que nos está acontecendo e muitos chegam a pensar que estão acometidos de algum problema psicológico ou psiquiátrico. O Dr. Inácio Ferreira já dizia que os hospícios estão cheios de médiuns em desequilíbrio. Imagine se antes da manifestação já tivéssemos uma base espiritual formada, seria mais fácil compreender o que estaria ocorrendo conosco.

No intuito de facilitar a procura eu indico alguns passos básicos para qualquer um que tente trilhar a senda espiritualista.

1 – Defina bem o que você deseja: É importante sempre saber o que está procurando, não importa a religião que você escolher, mas se escolher uma atenha-se a ela de forma a estudá-la profundamente. Não veja apenas o que está transbordando do vaso e sim o que se esconde no fundo. Muitas pessoas se apaixonam pelos rituais, mas se decepcionam quando entendem que nem tudo é festa ou cores. Existem muitos níveis até se alcançar a plenitude, mas você não precisa ser mestre em todas as religiões para achar a sua, basta que você se aprofunde no estudo.

2 – Seja responsável: Assim que assumir o trabalho de desenvolvimento seja responsável tanto com a Casa em que está prestando serviços quanto consigo. Somos nós que nos sabotamos muitas vezes a fim de não continuar o desenvolvimento mediúnico, criando mentiras pessoais e ilusões para nos afastar dos trabalhos. Existe uma hierarquia em toda casa, existe uma necessidade de obedecer a essa hierarquia e também a seriedade com o compromisso assumido.

3 – Estude sempre: Estude sempre: leia, releia e prepare-se para praticar. Procure um mestre, procure uma casa e procure uma egrégora para lhe amparar. Muitos já passaram pelo que você está passando agora e  podem agilizar o seu processo de aprendizado, se você estiver disposto a isso. Não importa se o livro de romances é mais legal e fácil do que o de estudos, ambos são importantes e você deve lê-los. Eu recomendo sempre, na senda espiritualista, que sejam lidos o Livro dos Espíritos e o Livro dos Médiuns, codificados por Allan Kardec, até mesmo se você não for espírita, pois ele vai trabalhar com o próximo passo.

4 – Exercite o discernimento: Leia de tudo, aprenda de tudo e ouça de tudo, mas filtre aquilo que melhor lhe convir. Pois se a sua razão lhe diz sim e o seu coração não, alguma coisa está errada. Somos sempre um ser em busca do equilíbrio e da harmonia, para algo ser verdadeiro para nós e nos servir, deve agradar tanto a mente quanto ao coração.

5 – Pratique muito: Seja qual for a área é através da prática que vem a perfeição. Na questão mediúnica você vê isso através das aulas de desenvolvimento ou estudo mediúnico. Com o tempo os rabiscos se transformam em textos e os arrepios em incorporação, por exemplo.

6 – Não tenha pressa: Cada um desenvolve-se em seu próprio tempo e ritmo, mas não use isso como desculpa para a preguiça. Se esforce! Alguns nascem manifestando dons mediúnicos outros demoram anos para manifestá-los. Ambos têm missões a serem desenvolvidas nessa existência, então devemos manter sempre a paciência e a resignação. Não tente se tornar expert em dois meses, respeite o seu tempo.

7 – Equilíbrio: Sempre desenvolva tanto o lado Intelectual quanto o lado Moral. Não adianta tentar se arraigar de poderes intelectuais e “psíquicos”, se isso não o transformar num ser humano melhor. A arrogância, a vaidade, o egoísmo e o orgulho são sempre paixões a serem combatidas. Não é porque você recebe comunicação do “Dr. Alguma coisa” ou incorpora o Caboclo “Rei do Mundo” que você é melhor do que ninguém, aliás, possivelmente é apenas seu ego inflamado criando uma ilusão na sua mente.

São dicas que eu usei e uso no meu desenvolvimento, mas a dica principal é:

Não existe médium desenvolvido, somos todos médiuns em desenvolvimento, SEMPRE!

Livros p/ Download Livres:

Terapeuta Natural (Naturopata) e futuro Acupunturista, Idealizador do blog Perdido em Pensamentos e pretenso escritor. Geminiano com ascendente em Leão e lua em Touro, acredita que toda forma de estudo é importante. Médium umbandista e eterno questionador, tem interesses em temas como: Espiritualidade, Espiritismo, Umbanda, Magia e Terapias Naturais. É apaixonado pela cidade de São Paulo, onde tudo é possível. Colecionador de livros, principalmente sobre Umbanda (quanto mais antigo melhor).

Douglas Rainho

Terapeuta Natural (Naturopata) e futuro Acupunturista, Idealizador do blog Perdido em Pensamentos e pretenso escritor. Geminiano com ascendente em Leão e lua em Touro, acredita que toda forma de estudo é importante. Médium umbandista e eterno questionador, tem interesses em temas como: Espiritualidade, Espiritismo, Umbanda, Magia e Terapias Naturais. É apaixonado pela cidade de São Paulo, onde tudo é possível. Colecionador de livros, principalmente sobre Umbanda (quanto mais antigo melhor).

Você pode gostar...

  • Anônimo

    Obrigado gosto de suas mensagens