Herbarium – Alecrim

Nome Popular:  Alecrim
Nome científico:  Rosmarinus officinalis

Além do seu uso costumeiro na culinária também é muito fácil encontrar o alecrim como um aromatizador ambiental. Conhecido como a planta da alegria, têm propriedades que atraem o bem-estar e reduzem a fadiga mental.

Por ser rico em antioxidantes é considerado um rejuvenescedor cerebral, sendo utilizado para esse fim desde o Egito antigo.

Sempre consulte um profissional capacitado para melhor utilização das ervas, plantas e óleos aqui citados. Existem dosagens específicas e as formas de administração são diversas. 

Fitoterapia e Aromaterapia

Ações: Diaforética, carminativa, emenagoga, nervina, antioxidante, colagoga, timoléptica, descongestionante, antiespasmódica, antimicrobiana, estimulante da circulação, frebrífuga.

É um arbusto com folhas verdes, duras e espetadas e existem em diversos tipos, inclusive para confecção de uma vassoura artesanal, que é utilizada em algumas festividades religiosas Brasil adentro.

Foi queimado na Idade das Trevas como profilático contra a peste negra e também utilizado como tônico para fortalecer a saúde mental e melhorar o sistema imunológico.

Seus taninos ainda protegem o revestimento do intestino contra a irritação e inflamação, reduzindo sangramentos e diarreia. É um bom antimicrobiano para infecções e estimula o apetite, a digestão e a absorção dos nutrientes, alivia a flatulência e a distensão.

Por ser uma planta amarga atua como um estimulante para o fluxo de bile do fígado e da vesícula biliar, ajuda na digestão de gorduras e limpeza de toxinas. Em casos de ressaca também é indicado para equilibrar o organismo.

Em forma de chá é indicado para reduzir o sangramento excessivo durante a menstruação, também podendo ser utilizado para febre, catarro, dor de garganta, resfriados, gripes e infecções das vias respiratórias, bom para caso de asma.

Indicações do óleo essencial:

LEGENDAS:

A – Aromatização ambiental / AA – Água Aromática / B– Banho / BA – Banho de assento / C – Compressas /EP – Escalda-pés / I – Inalação / M – Massagem / SB – Saúde Bucal / UC – Uso cosmético / UT – Uso tópico /V – Vaporizador facial.

Queda de Cabelo: Use 1 gota de OE de Alecrim misturada ao seu Xampú para lavar o cabelo.

Dores nas articulações, dor de cabeça: Dilua 3 gotas de OE de Alecrim em 10 mL de Óleo de Amêndoas ou de semente de uva e friccione no local da dor, para dores de cabeça, friccionar nas têmporas.

Usos Ritualísticos

Categoria da erva: Erva Morna ou Equilibradora / Erva Irradiadora.

Indicada para: Equilibrar, Alegrar, Rejuvenescer, Clarear, Iluminar, Proteger, Aumentar capacidade mental, Aumentar clareza de pensamento, Cura e Amor.

Cores: Verde azulado, verde-claro.

Orixás ligados a essa planta: Oxóssi, Oxalá, Oxum, Iemanjá e Ogum.

Gênero: Masculino

Planeta: Sol

Elemento: Fogo

Quando queimado, o alecrim emite uma forte vibração de limpeza e purificação, e também elimina as energias negativas do ambiente em que irá se praticar um ritual religioso ou magístico.

Coloque-o no travesseiro e irá te auxiliar a ter uma boa noite de sono e evitar os pesadelos, embaixo da cama protege quem dorme contra todo o mal.

O Banho de Alecrim é purificador e equilibrador por excelência, é bem comum utilizar essa planta para trazer harmonia em um banho com demais ervas.

Usar o alecrim na alimentação ajuda a criar uma aura de proteção, principalmente se ele for combinado em molhos de tomate. Caso esteja com a mente cansada procure tomar um chá de alecrim juntamente com uma meditação com o cheiro da infusão.

Vassouras feitas com o alecrim também podem ser usadas para ‘varrer’ a negatividade para fora de casa.

Terapeuta Natural (Naturopata) e futuro Acupunturista, Idealizador do blog Perdido em Pensamentos e pretenso escritor. Geminiano com ascendente em Leão e lua em Touro, acredita que toda forma de estudo é importante. Médium umbandista e eterno questionador, tem interesses em temas como: Espiritualidade, Espiritismo, Umbanda, Magia e Terapias Naturais. É apaixonado pela cidade de São Paulo, onde tudo é possível. Colecionador de livros, principalmente sobre Umbanda (quanto mais antigo melhor).

Douglas Rainho

Terapeuta Natural (Naturopata) e futuro Acupunturista, Idealizador do blog Perdido em Pensamentos e pretenso escritor. Geminiano com ascendente em Leão e lua em Touro, acredita que toda forma de estudo é importante. Médium umbandista e eterno questionador, tem interesses em temas como: Espiritualidade, Espiritismo, Umbanda, Magia e Terapias Naturais. É apaixonado pela cidade de São Paulo, onde tudo é possível. Colecionador de livros, principalmente sobre Umbanda (quanto mais antigo melhor).

Você pode gostar...