Estado do Ser!

Hoje o estado das coisas é efêmero,
O que se transporta em qualidades,
Nada têm de qualificativo.

Até quando o mundo se extrairá
Em contas e números,
Até onde o homem caberá em fichas?

O estado de ser é transitório,
O motivo do ser é permanente,
Se ao menos ficássemos atentos.

Ao que se passa, em passo largo,
Ao que se fica, em dias claros,
Creio eu que nada é o que é.

Ao mundo damos a visão,
Ao homem a ambição,
e ao Espírito o esquecimento.

Que inversão!
Agora é a hora, a mudança chega,
E nada se faz presente, não permaneça.

Acredite no estado de graça,
Creia em você como é,
mas almeje o ser como você pode.

Completo e eterno!

 

Terapeuta Natural (Naturopata) e futuro Acupunturista, Idealizador do blog Perdido em Pensamentos e pretenso escritor. Geminiano com ascendente em Leão e lua em Touro, acredita que toda forma de estudo é importante. Médium umbandista e eterno questionador, tem interesses em temas como: Espiritualidade, Espiritismo, Umbanda, Magia e Terapias Naturais. É apaixonado pela cidade de São Paulo, onde tudo é possível. Colecionador de livros, principalmente sobre Umbanda (quanto mais antigo melhor).

Douglas Rainho

Terapeuta Natural (Naturopata) e futuro Acupunturista, Idealizador do blog Perdido em Pensamentos e pretenso escritor. Geminiano com ascendente em Leão e lua em Touro, acredita que toda forma de estudo é importante. Médium umbandista e eterno questionador, tem interesses em temas como: Espiritualidade, Espiritismo, Umbanda, Magia e Terapias Naturais. É apaixonado pela cidade de São Paulo, onde tudo é possível. Colecionador de livros, principalmente sobre Umbanda (quanto mais antigo melhor).

Você pode gostar...

  • É necessário ser para depois ter. Posso ter e mesmo assim nao ser nada, ou nao ter nada e mesmo assim ser o alvo de chegada e inspiração de muitos.
    Sou o que sou e tento ser sempre mais, assim as consequências serão maravilhosas e mesmo que nao sejam fiz sempre o meu melhor.
    Recebi esse conselho um dia…nunca mais me esqueci…tem dado certo.

    Que bom que parou de esconder seus pensamentos primo, abraço!!!