Uso de Cristais na Umbanda

uso-de-cristais-na-UmbandaDentre as muitas opções de itens de trabalho que temos dentro da Umbanda, os cristais e metais são inclusões recentes. Isto se deve um pouco a influência de uma cultura New-Age, que acaba utilizando esses tipos de elementos como instrumentos de magia, por si só.

Contudo, apesar de ser muito  utilizado em outras escolas mágicas, na Umbanda não há uma tradição tão comum assim sobre as pedras, cristais e metais. De qualquer forma, eles possuem valores e podem criar uma nova frente de trabalho na Umbanda e nas terapias agregadas.

De fato o uso de elementos tais como cristais é muito mais utilizado em magias com ancestralidade européia e essa pitada de new-age, como a Wicca. Dentro da Umbanda há uma certa resistência a isto nas Umbandas mais tradicionais e uma total aceitação – sem medidas e sem qualquer contexto – dentro das NeoUmbandas.

Basicamente, nas NeoUmbandas, esquecemos as propriedades pertinentes de cada tipo de cristal ou metal (devido a sua composição química).  e acabam associando apenas algumas pedras fixando-as as forças que chamamos de Orixás. Assim você verá que Oxalá carregará o Cristal de Quartzo Branco ou Transparente como uma de suas pedras de poder, enquanto Oxóssi receberia a Esmeralda.

Essas associações se dão mais pela cor das pedras em si do que realmente pela vibração que a pedra possui. Se formos pensar calmamente um lápis-lazúli é azul e pode ter certo contexto junto a Iemanjá, mas é um tipo de pedra ou cristal que se degrada em água, sendo antagônica a própria força do Orixá. Como proceder? Analisando isso mais detidamente.

As forças das Sete Linhas tem ressonância com as vibrações das cores e desta forma podemos extrapolar a mesma situação para os minerais, pedras e cristais. Se um cristal é de uma determinada cor ele também terá a vibração daquela Força – chamada de Orixá.

Mas o que quero deixar aqui claro é que não é o Cristal que tá emanando aquela vibração, mas a cor dele. Se usarmos uma esmeralda para Oxóssi, no campo de cura, não serão as propriedades da PEDRA esmeralda que irão ser usadas – neste tipo de aplicação – mas sim sua cor verde. Justamente por isso podemos substituir a esmeralda que é uma pedra cara, por uma mais acessível financeiramente, com a coloração verde como é o caso da amazonita ou do próprio Quartzo Verde.

Uma outra questão que se dá é no caso de Orixás (forças) com cores diferentes dependendo da Vertente. Como o processo aqui se dá pela vibração, não seria dificultoso usar uma pedra de uma cor, esperando um resultado diferente do que ela se propõe? Por exemplo, Ogum é visto como um Orixá que carrega a cor Azul-Escuro dentro de algumas vertentes, mas na que eu pratico (e em grande parte delas) é a cor Vermelha a que ele responde.

Então, qual pedra deveria usar nesse caso? Um Quartzo Azul resolveria? Uma Sodalita? Um Jaspe Vermelho?

Justamente aqui que entram as convenções das pedras dos Orixás. Nós, por meio da experiência – ou da tentativa e erro – vamos analisando qual é a energia que vibra mais adequadamente com aquele Orixá. Podemos até mesmo fazer uma experiência de cunho radiestésico para encontrar as correspondências.

Conforme a tradição nos diz, as pedras para os Orixás são as seguintes:

  • Oxalá | Cristal de Quarzto Transparente
  • Ogum | Sodalita e Hematita
  • Oxóssi | Esmeralda e Quartzo-Verde
  • Xangô | Jaspe Vermelho
  • Iansã | Critino e Granada
  • Iemanjá | Água Marinha

Desta forma podemos correlacionar as pedras com o uso nas frequências das forças, linhas e Orixás. Mas analisando detidamente cada uma delas, iremos encontrar propriedades individuais, conforme sua composição química, sua estrutura molecular e vibrações.

É importante ressaltar também que dependendo do local em que a pedra foi “CRIADA” ela terá uma vibração maior ou menor para determinada situação.

O Quartzo por exemplo é um nome dado a diversos tipos de cristais e são muito associados as práticas místicas, holísticas e espirituais. Sua composição básica é de Dióxido de Silício e ele tem formato hexagonal. Associamos esse tipo de cristal, principalmente o Cristal Transparente, a práticas curativas, a práticas de harmonização, a purificadores, mas de fato a sua melhor e mais ativa propriedade é a de amplificação de outras energias. Por isso mesmo que deve-se prestar atenção quando for usar esse quartzo em alguns sentidos, por exemplo para uma dor de cabeça, pois ele pode amplificar a dor de cabeça. É encontrada em todo o globo.

Sodalita possui um tom azulado e é uma pedra que nos leva a ressignificar situações de nossas vidas. Atua especialmente no campo mental, limpando a Aura de quem a utiliza levando a clareza de Raciocínio. Por isso é tão associada a Ogum, por ele ser um Orixá ligado ao mental e as atividades da razão. Bastante comum de encontrá-la na América do Norte, no Brasil e na França.

Hematita possui uma coloração metálica que lembra muito o aço e tem a propriedade de eliminar energias negativas no ambiente e também na aura de quem se utiliza da mesma. Segundo algumas literaturas ainda tem capacidade de aumentar a força e a coragem de seu portador. Usada em tratamentos para compulsão e vícios, também é bem efetiva em doenças crônicas, estimula também a circulação sanguínea e por consequência a movimentação energética. Associada diretamente ao planeta Marte, que também se associa a força de Ogum. Encontramos esta pedra mais facilmente na Grã-Bretanha, na Itália, no Brasil, na Suécia, no Canadá e na Suíça.

Esmeralda é uma das pedras mais caras, usada em jóias e muito desejada. Possui uma capacidade de harmonização e equilíbrio incrível, repelindo grande parte da negatividade que se forma em torno de um indivíduo. Também tem propriedades de cura – como a maioria das pedras em tonalidade verde – e fortalece a visão, tanto a interior, quanto a exterior. É comum usar uma esmeralda no chakra frontal para despertar a clarividência. Pode ser encontrada na Índia, no Zimbábue, na Tanzânia, no Brasil, no Egito e na Áustria.

Quartzo-Verde possui quase todas as propriedades dos quartzos, como vimos no Quartzo transparente, mas associado a isto também é possível encontrar fortalecimento da regeneração celular, aumentando assim a capacidade de cura do indivíduo.  Usada como uma pedra curativa, atua também no equilíbrio emocional, assim como sua contra-parte o Quartzo-Rosa, podem ser utilizados junto ao chakra cardíaco para despertar tanto o amor-próprio (quartzo-verde), quanto a empatia e compaixão (quartzo-rosa). O ideal é alternar ambos, sete dias com um, sete dias com outro.

Jaspe Vermelho é uma pedra que é associada a proteção e ao poder de concretização de uma ideia. Relacionada a Sabedoria, era utilizada por altos sacerdotes e também pelos reis de outrora, para que pudessem ser mais sábios para o seu povo. Uma de suas atribuições é a justiça, recebendo as energias nocivas e as reencaminhando para sua origem. Recomenda-se ter fontes de água com Jaspes Vermelhos em ambientes muito carregados como Hospitais, Clinicas, Escritórios de Advocacia, Fórum. Pode ser encontrada no mundo todo.

Citrino é uma pedra que se assemelha muito a ametista e que tem uma conotação de prosperidade material. Também é um bom neutralizador de energia nocivas e nos ajuda a identificar a origem de demandas espirituais. Por ser uma pedra que auxilia muito na concentração é indicada para quem utiliza muito da mente. Também tem uma forma hexagonal e é muito comum no Brasil. Algumas fontes citam que em sua origem era uma ametista que foi “beijada” pelo fogo, seja por meio de um raio ou de uma fonte vulcânica.

Granada é extremamente vitalizadora e também é uma pedra que nos ajuda a identificar a origem das demandas espirituais. Usada para movimentação da mente, retirando os pensamentos nocivos e compulsivos, para dar lugar a novos pensamentos. Também é possível usá-la para resgates de memórias, inclusive de vidas passadas. Neste aspecto podemos usar em Kiumbas que perderam a memória de como era ser um humano comum, para sensibilizá-lo. Pode ser encontrada no mundo todo.

Água-Marinha é uma pedra de cor azul-esverdeada, lembrando muito a cor do mar em dias ensolarados. Tem uma capacidade de tranquilizar as energias da pessoa, como uma praia tranquiliza a mente. Indicada para pessoas com estresse ou que sofrem de transtorno de ansiedade. Ajuda a combater o medo irracional e aumenta a nossa percepção para o mundo espiritual. Pode ser encontrada no Brasil, na Rússia, nos EUA, na Índia e no México.

Este são um dos exemplos de pedras usadas dentro da Umbanda, ainda poderíamos expandir mais o texto falando sobre o Ferro, o Aço, o Cobre, a Turmalina Negra, a Obsidiana, o Ônix e diversas outras pedras, mas por enquanto ficaremos com essas informações.

Comente no artigo como você faz uso das pedras em sua vida.


Recomendações de leitura sobre Cristais:

Douglas Rainho

Terapeuta Natural (Naturopata) e futuro Acupunturista, Idealizador do blog Perdido em Pensamentos e pretenso escritor. Geminiano com ascendente em Leão e lua em Touro, acredita que toda forma de estudo é importante. Médium umbandista e eterno questionador, tem interesses em temas como: Espiritualidade, Espiritismo, Umbanda, Magia e Terapias Naturais. É apaixonado pela cidade de São Paulo, onde tudo é possível. Colecionador de livros, principalmente sobre Umbanda (quanto mais antigo melhor).

Douglas Rainho

Douglas Rainho

Terapeuta Natural (Naturopata) e futuro Acupunturista, Idealizador do blog Perdido em Pensamentos e pretenso escritor. Geminiano com ascendente em Leão e lua em Touro, acredita que toda forma de estudo é importante. Médium umbandista e eterno questionador, tem interesses em temas como: Espiritualidade, Espiritismo, Umbanda, Magia e Terapias Naturais. É apaixonado pela cidade de São Paulo, onde tudo é possível. Colecionador de livros, principalmente sobre Umbanda (quanto mais antigo melhor).

Você pode gostar...