Magia Prática: Água de Marte (Mars Water)

Água de MarteQuando existe um conflito muito grande, podemos precisar de um reforço para resolver a situação. Seja ele por vias legais, seja por vias ocultas ou até mesmo pela via mágica declarada. Um dos elementos mais interessantes de se trabalhar com magia folclórica é a capacidade de poder produzir determinadas fórmulas ou elixires, basicamente com poucos ingredientes que geralmente temos em casa ou são de fácil uso.

Claro que muitas das fórmulas encontradas pela internet e pelos livros, levam em consideração a fauna, flora e a geografia de cada local, principalmente da Europa e da América do Norte. Quem pratica magia de escolas estrangeiras sabe o quão difícil é encontrar determinados itens, chamados de curios1. Desta forma, muitas coisas devemos adaptar ou simplesmente usar o que tem em mãos.

Mas também temos fórmulas simples para usar, cujo os elementos são de fácil aquisição. Nesse artigo, vou apresentar a vocês uma dessas fórmulas simples, porém muito poderosas contra a negatividade e ataques psíquicos e mágicos, chama-se Água de Marte2, ou no original Mars Water.

Quem foi Marte?

Marte é uma deidade romana da guerra, ou seja, pertencente ao panteão de Deuses romanos e que na sua versão grega é chamado de Ares. Por ter uma faceta mais brutal e belicosa, Ares ou Marte era temido e adorado pelos povos gregos e romanos, porém encontrou um espaço maior de culto dentro da cultura romana, justamente por sua característica bélica e expansionista. Essa deidade personificava o poder, a majestade e o comércio dentro do aspecto romano.

Em sua contraparte grega, Marte, chamado de Ares, era tido como brutal, impetuoso e até mesmo sádico. Porém, os romanos como eram agregadores de divindades, fundiram a figura do deus helênico Ares, com um deus antigo cultuado pelos etruscos (antigo povo que habitara a península itálica) conhecido como Maris, que possuía domínio sobre a lavoura e a agricultura. Desta forma, o brutal ares, tomou forma de um imperador romano e se tornou uma das divindades mais cultuadas e respeitadas de Roma, sendo que seu culto até se equiparava ao culto de Júpiter, o Deus dos Deuses. Ainda dentro da origem mitológica, é tido que todos os romanos descendem de Marte, pois ele era pai dos gêmeos fundadores da cidade de Roma, Rômulo e Remo.

A água de Marte: Propósito

Existem momentos da vida em que parece que estamos sendo atacados energeticamente a todo momento. Parece até que uma nuvem negra paira sobre nossas cabeças e que tudo que tentamos fazer, acaba dando errado. Tentamos a todo custo fazer banimentos e limpezas, porém devido ao enfraquecimento de nossa mente e de nossa capacidade psíquica,  muitas vezes não conseguimos foco.

Quando estamos nesses momentos, precisamos de ajuda de elementos físicos, para canalizar o nosso poder e também para servir de auxílio, com suas propriedades nativas, no trabalho de limpar a nossa mente e afastar essa carga de negatividade para bem longe. Os praticantes de Hoodoo e de sistemas naturais de magia folclórica (Folk Magick) acabam usando alguns elementos, dentre eles os líquidos ou águas. Nem sempre uma fórmula com o nome de água é de fato água, pode ser uma colônia, um álcool, urina e vários outros veículos líquidos.

A água de marte é um poderoso limpador que irá afastar a negatividade e criar um campo de proteção no local em que for aspergida.

Como fazer a Água de Marte

Você irá precisar de:

  • Um frasco para armazenar o preparo, garrafa de vidro, vidro de conservas, etc.
  • Água Mineral.
  • Pregos de Ferro.

Com esses elementos em mãos você irá começar o preparo dessa água em uma Terça-Feira, por ser o dia dedicado a força de Marte. Abra o frasco e coloque os pregos dentro do recipiente, complete com a água, tampe o recipiente e leve ao refrigerador. Deixe no congelador por 15 dias, os primeiros 7 dias você deverá deixar o frasco vedado. Nos dias posteriores você irá alternar entre o frasco aberto e fechado.

Manter no congelador irá impedir que a água crie bactérias, ou pelo menos irá diminuir a sua proliferação.  O que se deseja é que os pregos oxidem na água. Conforme você usar a Água de Marte, você pode repor com  água mineral o que faltar no frasco, mantendo assim um estoque de longa vida para esse tipo de água mágica.

Cojuração: Potencializando o poder da Água de Marte

O interessante é que a preparação pode ser bem mecanizada, sem tratativas mágicas, ou seja, sem evocações e conjurações. Estamos usando um preparado físico, que só será despertado quando for necessário, logo quando formos usar a Água de Marte, devemos despejar um tanto em um outro recipiente e só conjurar esse tanto – separado – de água.  Para isso devemos evocar Marte, com seu aspecto romano e nunca com o aspecto grego, pois o arquétipo grego pode ser meio descontrolado e imprevisível.

Imponha suas mãos em direção a água e conjure:

“Marte venha ao meu auxílio,
Venha ao meu auxílio,
Marte, deus romano, venha ao meu auxílio.
Deposite sua proteção nesse preparo,
Para que nenhum inimigo me subjugue.
Para que tenha forças para superar,
Os ataques diretos e os ataques ocultos.
Marte venha ao meu auxílio,
Venha ao meu auxílio.
Venha ao meu auxílio.”

A ideia aqui é conjurar a água, porém nem todos conseguem fazer da mesma forma. Você pode criar sua própria conjuração, ou até mesmo utilizar outras ferramentas. Quem pratica Wicca, Bruxarias de Tradições Européias e até mesmo algumas tradições de encantamento como o HexCraft e a Benzedura Brasileira, acabam por gostar muito de trabalhar com rimas. Como esse não é meu forte, geralmente faço o conjuro direto, com a intenção que quero depositar. Os rootdoctos e conjures de Hoodoo ainda gostam de usar os Salmos em suas conjurações. Nada impede de utilizarmos um Salmo para isso, como por exemplo o Salmo 91:

“Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará.
Direi do Senhor: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei.
Porque ele te livrará do laço do passarinheiro, e da peste perniciosa.
Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas te confiarás; a sua verdade será o teu escudo e broquel.
Não terás medo do terror de noite nem da seta que voa de dia,
Nem da peste que anda na escuridão, nem da mortandade que assola ao meio-dia.
Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti.
Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios.
Porque tu, ó Senhor, és o meu refúgio. No Altíssimo fizeste a tua habitação.
Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda.
Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.
Eles te sustentarão nas suas mãos, para que não tropeces com o teu pé em pedra.
Pisarás o leão e a cobra; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente.
Porquanto tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei; pô-lo-ei em retiro alto, porque conheceu o meu nome.
Ele me invocará, e eu lhe responderei; estarei com ele na angústia; dela o retirarei, e o glorificarei.
Fartá-lo-ei com lonjura de dias, e lhe mostrarei a minha salvação.”

Google Imagens

Fonte: Google Imagens

A magia mais interessante é aquela a qual você se adapta, e com práticas de Folk Magick, podemos incluir diversas culturas e tradições, recriando e resignificando os processos mágicos. Há os puristas que não gostarão disto, mas para eles eu simplesmente viro as costas.

Alternativamente você pode fazer como um encantamento mesmo, ou seja, recitar, seja o que for por três vezes. Geralmente eu faço isso, minhas conjurações são sempre repetidas por três vezes. Não existe isso fixado em local algum como regra, mas eu me sinto mais confortável desta forma.

Como usar a Água de Marte

Podemos usar a Água de Marte para diversos fins, dentre eles:

  • Para banimentos de energias negativas e para remoção de negatividade de um ambiente. Borrife a água pela casa.
  • Para proteger um indivíduo (ou a si mesmo) e/ou uma propriedade contra ataques mentais e mágicos. Use essa água em um preparado para lavagem de chão e também em rituais de desamarração e de remoção de negatividade.
  • Para remover obstáculos, para caminhos fechados por forças ocultas e para remoção de maldições: Adicione algumas gotas dessa água em um preparado de banho de ervas fortes ou absorvedoras como a Arruda, a Guiné e o Quebra-Demanda. Também pode-se adicionar uma pitada de Sal Negro (Sal com pimenta-do-reino negra, moídos e pilados).

Tenha apenas cuidado para não fazer uso constante dessa água, ou seja, todos os dias. Por se tratar de um preparado com uma potência bélica e um arquétipo antigo e bem carregado, pode ser que ela promova algumas desordens se usada em excesso, como é o caso de brigas na família. Lembrando sempre que a diferença entre o veneno e o remédio é a dose. A maioria dos autores recomendam usar esse preparo com outras ervas mais sutis, como é o caso da Lavanda (alfazema), da Mirra ou de óleos de flores. Pode-se usar também o óleo essencial dessas ervas enquanto se faz a limpeza pela casa com a Água de Marte, tanto incluindo algumas gotas dentro do preparo que está sendo espargido pelo ambiente, quanto queimando em um difusor.

Isso trará paz e tranquilidade, pois a Água de Marte estará LUTANDO contra as energias negativas e as ervas mais calmas irão tranquilizar e restaurar o ambiente, servirão de bálsamo de cura para as feridas astrais.


1 Curios vem de curiosities, ou curiosidades em inglês.

2 Essa água também é conhecida como War Water, ou seja, Água de Guerra.

Douglas Rainho

Terapeuta Natural (Naturopata) e futuro Acupunturista, Idealizador do blog Perdido em Pensamentos e pretenso escritor. Geminiano com ascendente em Leão e lua em Touro, acredita que toda forma de estudo é importante. Médium umbandista e eterno questionador, tem interesses em temas como: Espiritualidade, Espiritismo, Umbanda, Magia e Terapias Naturais. É apaixonado pela cidade de São Paulo, onde tudo é possível. Colecionador de livros, principalmente sobre Umbanda (quanto mais antigo melhor).

Douglas Rainho

Douglas Rainho

Terapeuta Natural (Naturopata) e futuro Acupunturista, Idealizador do blog Perdido em Pensamentos e pretenso escritor. Geminiano com ascendente em Leão e lua em Touro, acredita que toda forma de estudo é importante. Médium umbandista e eterno questionador, tem interesses em temas como: Espiritualidade, Espiritismo, Umbanda, Magia e Terapias Naturais. É apaixonado pela cidade de São Paulo, onde tudo é possível. Colecionador de livros, principalmente sobre Umbanda (quanto mais antigo melhor).

Você pode gostar...