Luto, processo de dor

luto[1]Você sabia que o LUTO não é vivido somente em situações de morte, mas também em situações de perda em geral? Como o término de um relacionamento amoroso, perda de um sonho, encerramento de um momento da vida que foi muito bom mas acabou, etc.

Um tema bastante comum e muito vivenciado é o rompimento de um relacionamento amoroso. Existe um autor que diz:

“Estudar a separação amorosa significa estudar a morte em vida”

Ou seja, partir é morrer um pouco. Ele ainda diz:

“O outro morre em mim, assim como eu devo morrer na consciência do outro”.

E vocês tem ideia do quanto isso pode ser sofrido? É motivo de muita dor e às vezes até desespero. Quando o relacionamento se rompe, para recuperar o equilíbrio emocional e existencial nós desprendemos muita energia psíquica, causando muitas vezes deterioração física e nervosa (emagrecimento, apatia, depressão, etc.) como ocorre em situações de luto por morte.

Não há como prever quanto tempo exato dura o período de luto, cada um é cada um e tem dentro de si recursos para superar logo ou não.

Como o profissional da psicologia pode te ajudar? Oferecendo o acolhimento necessário e dando espaço para que você vivencie esta perda e este processo de maneira mais autêntica possível.

No dia-a-dia fica difícil vivenciar o luto pois os familiares e amigos nos cobram que sejamos fortes, fiquemos felizes e que não há tempo para tristeza.

Bem, de fato, o psicólogo não vai te afogar nas lágrimas e te fazer não sair de lá nunca mais. Pelo contrário, vai oferecer o espaço e tempo necessário para você digerir o acontecimento e neste processo é natural que a pessoa precise chorar, sentir-se triste e tudo o mais.

Ao longo das sessões, iremos trabalhando então a continuação das atividades do paciente. Afinal, a vida segue. Novos planos e novos sonhos, processando a resignificação das vivências e novos sentidos serão dados à vida deste que procurou ajuda.

“Ser forte o tempo TODO, não é sinal de plena saúde física e mental”

23 anos, Sorocabana, formada em Psicologia pela Universidade Paulista. Atualmente trabalho em clínica e amo o que faço!

Nicole Wijtenko

23 anos, Sorocabana, formada em Psicologia pela Universidade Paulista. Atualmente trabalho em clínica e amo o que faço!

Você pode gostar...